domingo, 17 de dezembro de 2017

No meu copo 638 - Prova Régia Reserva 2015

Estive indeciso, durante meses, sobre se havia de fazer este post, tamanha foi a decepção. Tem sido um daqueles vinhos que, ao longo dos 12 anos de vida deste blog, mais vezes foi chamado à liça e objecto de mais elogios: fora as provas que não foram aqui mencionadas, este é o 9º post acerca deste vinho – o primeiro já foi em 2006.

É um fenómeno que por vezes vai acontecendo. Alguns vinhos que foram referências na gama média-baixa perdem o encanto e a graça. Deparei-me com esta situação neste vinho que tem sido referência por muitos anos, por diversas razões: por ser de Bucelas e por ser um dos mais icónicos representantes do Arinto. Refiro-me, como é bom de ver, ao Prova Régia. Desde que deixou de ser apenas Prova Régia e começou a ser também Prova Régia Premium e depois Prova Régia Reserva, o que coincidiu com a mudança de mãos na emblemática Quinta da Romeira, da Companhia das Quintas para a Wine Ventures, parece que tem andado num ziguezague e não sabem bem o que lhe hão-de fazer.

O Prova Régia era um vinho seguro, que dava sempre garantias. Quando lhe acrescentaram um parceiro ligeiramente acima, o vinho “normal” perdeu interesse, conquanto o novo produto aparecesse com uma qualidade inquestionavelmente melhor do que o “normal” costumava ser. Mas isso foi no início, porque as provas mais recentes, já com novo rótulo e tudo, foram algo decepcionantes. Fico com a sensação que do “velho” Prova Régia não resta... nem sequer o rótulo. Já a prova anterior tinha sido quase um desastre.

Não é preciso, presume-se, enumerar aqui todas as qualidades do Arinto e o que se espera dum vinho emblemático da região de Bucelas. Pois, esqueçam lá isso porque quase tudo o que eu procurava nesta garrafa... não estava lá. O vinho apareceu curto de corpo, discreto de aroma e sem aquela acidez que é uma imagem de marca.

Não sei o que lhe fizeram, mas entendam-se e vejam lá se não o estragam. Como todos sabemos, uma imagem demora anos a construir, mas pode ser desfeita em pouco tempo. A continuar assim, passará a ser apenas uma boa lembrança do que em tempos foi um bom vinho.

Kroniketas, enófilo decepcionado

Vinho: Prova Régia Reserva, Arinto 2015 (B)
Região: Bucelas
Produtor: Wine Ventures - Quinta da Romeira
Grau alcoólico: 13%
Casta: Arinto
Preço em feira de vinhos: 3,99 €
Nota (0 a 10): 6

Sem comentários: