quinta-feira, 2 de março de 2017

No meu copo 587 - Cortes de Cima, Homenagem a Hans Christian Andersen 2007

Continuamos por terras da Vidigueira, agora para uma incursão às Cortes de Cima com um tinto de excelência.

Este Homenagem a Hans Christian Andersen, escritor dinamarquês de contos infantis, é tido como uma espécie de “segundo Incógnito”, ou um Incógnito com outro rótulo. Quando adquiri esta garrafa, em 2010, foi exactamente assim que o vinho me foi apresentado. O método de produção é semelhante, mas o vinho é obtido a partir de outras parcelas de vinha e com um perfil mais ligeiro.

Muito tempo depois, no Encontro com o Vinho e Sabores de 2014, tive oportunidade de participar numa prova vertical justamente com estes dois vinhos das Cortes de Cima. Esta colheita esteve em prova e foi das melhores.

O Incógnito foi um dos primeiros vinhos produzidos como monocasta de Syrah no Alentejo (1998). A história já foi contada e aplica-se também ao Homenagem, produzido também exclusivamente com Syrah.

Fermentou sem engaço a temperaturas controladas, com maceração pelicular prolongada. Estagiou 8 meses em barricas de carvalho americano e francês até ao engarrafamento em Agosto de 2008.

No início apresentou-se muito fechado de aromas, mas foi conveniente atempadamente decantado para acompanhar uns tenrinhos bifes de novilho passados no ponto.

Com quase 10 anos de idade, apresentou-se em plena forma, com bastante juventude no aroma profundo, excelente acidez e taninos muito macios e sedosos, estruturado na boca mas com final elegante, persistente e intenso. Percebe-se que foi um vinho desenhado com carinho e desvelo.

A par dos vinhos da Quinta do Monte d’Oiro, os vinhos de topo das Cortes de Cima serão, porventura, os melhores representantes da Syrah em Portugal, conseguindo expressar o melhor da casta, o que nem sempre é conseguido noutros vinhos (o próprio monocasta das Cortes de Cima com o nome Syrah já aqui foi por nós provado e esteve longe de agradar).

O preço, naturalmente, já disparou e aproximou-se da casa dos 30 €, mas vale a pena conhecê-lo.

Grande vinho! Recomendamos vivamente.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Cortes de Cima, Homenagem a Hans Christian Andersen 2007 (T)
Região: Alentejo (Vidigueira)
Produtor: Cortes de Cima
Grau alcoólico: 14%
Casta: Syrah
Preço: 18,50 € (adquirido em 2010)
Nota (0 a 10): 9

Sem comentários: