terça-feira, 24 de janeiro de 2017

No meu copo 578 - Lagoalva rosé 2014

Já tinha provado este vinho há algum tempo, e já tinha tido oportunidade de prová-lo no restaurante Come Prima. Esta colheita de 2014 estava em stock há cerca de um ano, e a verdade é que o tempo de espera não lhe fez mal.

Feito com o mesmo lote do tinto aqui apresentado, mostrou uma cor salmão meio desmaiada, com aroma discreto a frutos vermelhos, paladar suave, boca elegante com alguma persistência e vivacidade.

É mais um bom exemplar dos vinhos do Tejo e dos bons rosés que ali se fazem, à semelhança de outros já estabelecidos como os da Quinta da Alorna e da Fiúza. A Quinta da Lagoalva também vai afirmando os seus créditos nos brancos, tintos e rosés, e é também uma marca de garantia.

Recomenda-se, não apenas para entradas mas para pratos com alguma substância. Foi provado com canelloni e com frango de fricassé e saiu-se muito bem da função em ambas as situações. É um rosé versátil.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Lagoalva 2014 (R)
Região: Tejo (Alpiarça)
Produtor: Quinta da Lagoalva de Cima
Grau alcoólico: 12,5%
Castas: Syrah, Touriga Nacional
Preço em feira de vinhos: 4,15 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: