sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

No meu copo 577 - Marquesa de Alorna Reserva 2008

Voltamos a outro campeonato, o dos grandes vinhos. Este é um tinto de topo da Quinta da Alorna, que tem um vastíssimo leque de vinhos nas gamas de entrada, e média. Com este Marquesa de Alorna Reserva estamos a falar de outra coisa.

É um vinho estruturado, robusto, encorpado, muito longo e persistente. Com a idade que já apresenta, não prima pelos aromas primários, antes aromas secundários que só se manifestam no copo algum tempo depois. O aroma é profundo e intenso, com notas terrosas. O final apresenta um toque a especiarias e frutos muito maduros.

Precisa de respirar para se mostrar em plenitude. É caro mas vale aquilo que custa. Nunca o tinha provado e fiquei convencido. Muito bom.

Mais um para a lista dos bons vinhos do Tejo.

Kroniketas, enófilo esclarecido


Vinho: Marquesa de Alorna Reserva 2008 (T)
Região: Tejo (Almeirim)
Produtor: Quinta da Alorna Vinhos
Grau alcoólico: 14%
Castas: Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional, Castelão, Trincadeira
Preço: 18 €
Nota (0 a 10): 8,5

Sem comentários: