sexta-feira, 18 de novembro de 2016

No meu copo 565 - Quinta de Cidrô rosé 2014

Voltamos a um rosé cuja primeira prova agradou bastante. Faz parte do renovado portefólio da Real Companhia Velha, especificamente com a marca Quinta de Cidrô, que já conta com um leque alargado de referências brancas e tintas produzidas com base em vinhos varietais.

No caso deste rosé, a prova anterior versou um vinho elaborado apenas com Touriga Nacional, sendo que esta colheita juntou-lhe a Touriga Franca.

Resultou um vinho mais carregado de cor, com um pouco mais de concentração e com aroma um pouco fechado no início, mas que logo se abriu no copo e se revelou sobretudo na prova de boca. Apresentou-se macio, com boa estrutura sem ser pesado, persistência e boa acidez, com final vivo e refrescante. No nariz mostra aroma intenso a frutos vermelhos e algum floral.

Uma boa compra, para continuar. É muito mais que um rosé de esplanada, é antes um rosé para a mesa, bastante gastronómico. Experimente-o com entradas diversas ou pratos um pouco ligeiros, mas não em demasia.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Quinta de Cidrô 2014 (R)
Região: Douro
Produtor: Real Companhia Velha
Grau alcoólico: 13,5%
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca
Preço em feira de vinhos: 5,99 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: