domingo, 22 de maio de 2016

No meu copo 530 - Escada 2007

Por contraponto com os vinhos anteriores, eis uma agradável surpresa. Um vinho do Douro produzido pela DFJ, conhecida pelos seus diversos vinhos de Lisboa e do Tejo e muitos monocasta.

Este Escada 2007, apresentado já este ano com a Revista de Vinhos, portanto já com uma idade respeitável, está mais que pronto a beber e com perfeita saúde. Foi produzido a partir de vinhas com idades compreendidas entre 80 e 100 anos, estagiou 9 meses em barricas de carvalho francês e mostrou-se bastante gastronómico.

De cor rubi e média concentração, apresenta-se elegante na prova de boca, com taninos redondos e final suave.

Um vinho com boa relação qualidade-preço, cheio de saúde e adequado para pratos de carne requintados e não demasiado temperados.

Uma boa revelação, a confirmar que o produtor-enólogo José Neiva sabe muito bem aquilo que faz.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Escada 2007 (T)
Região: Douro
Produtor: DFJ Vinhos
Grau alcoólico: 13%
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional
Preço com a Revista de Vinhos: 6,00 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: