domingo, 27 de março de 2016

Bloggers Challenge - 3ª edição

             


Foi no passado dia 4 de Fevereiro de 2016 que se realizou a 3ª edição do “Combate de bloggers”, promovido pelo blogger Carlos Janeiro, do blog Comer, beber e lazer.

Desta vez, este blog teve a honra de ser convidado a ser um dos participantes no desafio, tendo como parceiro de combate Luís Gradíssimo, do blog Avinhar.

O evento teve lugar no restaurante Volver de Carne Y Alma, e cada blogger escolheu 3 vinhos: um para o prato de peixe, um para o prato de carne e um para a sobremesa.

A função iniciou-se com umas deliciosas empanadas volver, acompanhadas com um espumante bruto Joaquim Arnaud. Muita frescura, bolha fina, elegância e leveza, fizeram uma boa introdução para o repasto que se iria seguir.

Já à mesa foram servidas as Tapas Volver, compostas por diversas entradas, como Pana Cotta Volver Y Scones, Chorizo, Quinoa, Arandos e Coentros e ainda Ovo Fumado, Rosti de Batata-Doce, Espargos Y Azeite Trufado. Para acompanhar foi servido um branco leve da região de Lisboa, Antítese 2012, que dividiu opiniões. Discreto de aroma, pouco corpo e final de boa algo curto foi a opinião partilhada pelos dois bloggers, no que não coincidimos com o anfitrião Carlos Janeiro.

Passou-se depois aos pratos de resistência. O prato de peixe foi Polvo à Oxaca, para o qual foram escolhidos dois brancos de regiões opostas:

H’Our branco 2014 - Douro - PNC (Parceiros na Criação) - 13,5% - Códega do Larinho, Rabigato, Viosinho e Verdelho
Caios branco 2013 - Península de Setúbal - Herdade do Cebolal – 14% - Arinto, Semillon, Sauvignon Blanc

Escolhi o branco H’Our 2014, de Joana Pratas e João Nápoles, tendo o blog Avinhar escolhido o Caios 2013, da Herdade do Cebolal. As opiniões dividiram-se, tanto acerca do vinho que melhor combinava com o prato como no que respeita ao melhor vinho. No meu caso particular, gostei mais do H’Our, mais ao meu estilo, mais seco e aromático, frutado e elegante. O Caios, mais estruturado, com estágio em madeira, embora menos ao meu estilo, pareceu-me ligar melhor com a exigência do prato. Embora com uma votação muito próxima, esta acabou também por ser a votação dos presentes, o que deu o primeiro ponto ao Avinhar.

Para a carne, uns excelentes e suculentos baby beef, carne maturada no ponto, a escolha por pouco não era igual: dois tintos do Dão.

Américo Touriga Nacional tinto 2010 - Dão - Seacampo, Sociedade Agrícola - 13,8% - Touriga Nacional
Casa da Carvalha tinto 2010 - Dão - Casa da Carvalha - 13% - Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro, Jaen

No meu caso a escolha caiu no vinho de lote, o Casa da Carvalha 2010, enquanto o Luís Gradíssimo escolheu o monocasta, o Américo Touriga Nacional. O Casa da Carvalha mostrou mais elegância, mais equilíbrio e uma melhor ligação com a carne. O Américo, sendo um monocasta, mostrou menos complexidade na comparação com o vinho de lote e também menos equilíbrio. Desta vez as opiniões foram um pouco mais coincidentes, tendo o tinto de lote recolhido mais preferências, o que colocou os dois bloggers em igualdade.

Para a sobremesa, composta por chocolate, amendoim e caramelo, uma escolha mais ou menos consensual e uma escolha de ruptura:

Casal Santa Maria Late Harvest 2014 - Lisboa - Adraga Explorações Vitivinícolas - 12% - Petit Maseng
Licoroso do Mouchão 2009 - Alentejo - Vinhos da Cavaca Dourada - 19,5% - Alicante Bouschet

A minha escolha foi o Colheita Tardia do Casal de Santa Maria, que recebeu a maior votação sem o prato e constituiu uma surpresa pela qualidade apresentada. No entanto, na harmonização com a sobremesa, a maioria das preferências pendeu, como se esperava, para o licoroso do Mouchão escolhido pelo Luís Gradíssimo, que assim recolheu o segundo ponto e se tornou o vencedor da contenda.

Parabéns a ele, pela vitória e pelos prémios recebidos.

Resta agradecer ao Carlos Janeiro pelo convite endereçado e este blog, ao Luís Gradíssimo pela agradável contenda e pelo excelente convívio, à Revista Paixão pelo Vinho por se associar a esta iniciativa, a todos no restaurante pelo serviço prestado e por terem acolhido este evento e, naturalmente, a todos os convivas que se deslocaram a este evento e nos deram o prazer da sua companhia e partilharam connosco esta experiência. Ficamos a aguardar pela próxima.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Fotos obtidas, com a devida vénia, a partir do blog “Comer, beber e lazer”.

Sem comentários: