terça-feira, 21 de março de 2006

Na minha mesa 32 - Restaurante Abano (Praia do Abano - Guincho)



Apanhe a auto-estrada A5, no sentido Lisboa-Cascais. Antes de chegar ao fim apanhe a saída para Malveira da Serra. Ao chegar a esta localidade vire para a esquerda, descendo em direcção à praia do Guincho. Quase a chegar à praia, apanhe uma saída à direita para a praia do Abano.

Se preferir fazer o trajecto junto ao mar, siga para Cascais e apanhe a estrada para o Guincho pela marginal. Passe pela praia e comece a subir a serra como se fosse para Sintra. Vire à esquerda na saída para a praia do Abano.

Suba a estrada estreita, passe pelo parque de estacionamento da praia e siga devagarinho pelo caminho de terra estreito e esburacado, para não partir o carro. Escolha cuidadosamente os locais onde passa com os pneus e vá até ao fim da estrada até encontrar uma vivenda sobranceira ao mar, com o Cabo da Roca ao fundo.

Aí encontra-se um restaurante chamado simplesmente “Abano”. É uma sala pequena, com poucas mesas, donde se vê o mar agitado a correr para a praia. Se tiver a sorte de ficar junto à janela desfrute da vista em todos os momentos.

O restaurante não costuma ter muita gente, porque num local daqueles não é fácil descobri-lo. Acaba por ter a vantagem de quase termos a totalidade da atenção dos funcionários.

A ementa, bem como a carta de vinhos, são apresentadas em abanos. Nenhuma delas é muito vasta, mas é variada, e consegue abranger todos os gostos. Nas carnes destaca-se o pato com laranja, com um molho suculento, e o coelho à Abano, estufado no tacho, sempre apetitoso.

Nos peixes pode-se optar por filetes ou robalinhos, mas destaco uma óptima açorda de marisco, com muito coentro, ligeiramente picante, macia e com camarões em quantidade apreciável. Aconselha-se a escolha de um vinho verde para acompanhar, ou um branco leve como o Bucellas Caves Velhas.

Nas sobremesas pode-se escolher uma mousse de chocolate honesta, mas o destaque, quando há, é um bolo de chocolate com nozes entremeado com camadas de chantilly, que atrai só de olhar para ele.

O serviço é atencioso quanto baste e o local agradável, principalmente em tardes de sol. Almoça-se tranquilamente e com calma, come-se bem por cerca de 20 € e no fim ainda se pode ficar a aspirar a brisa do mar antes de voltar a enfrentar o caminho de cabras que a Câmara Municipal de Cascais não arranjou em mais de duas décadas.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Restaurante: Abano
Praia do Abano
Guincho - Cascais
Tel: 21.487.03.42
Preço médio por refeição: 20 €
Nota (0 a 5): 3,5

Sem comentários: